Últimos assuntos
» homengem do u2 ao 11 de setembro
Setembro 11th 2012, 4:57 pm por mauriciu2

» como anda a popularidade do u2
Março 12th 2012, 11:03 pm por Bono Vox

» A Relação Entre o U2 e o Legião Urbana
Março 12th 2012, 10:58 pm por Bono Vox

» Bono revela que U2 está trabalhando em três álbuns
Janeiro 12th 2012, 8:03 pm por Liz Hewson

» Feliz Ano Novo Em Várias Línguas
Dezembro 31st 2011, 8:40 am por Bono Vox

» Bono quer ser embaixador da Irlanda
Dezembro 28th 2011, 5:42 pm por Liz Hewson

» Bono surpreende fãs na Irlanda e canta em centro comercial
Dezembro 26th 2011, 5:26 pm por Liz Hewson

» Digressão dos U2 é a mais lucrativa de 2011
Dezembro 26th 2011, 2:40 pm por Bono Vox

» Bono Vox vem ao Brasil
Dezembro 12th 2011, 8:19 am por Liz Hewson

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Contador
Estatísticas
Temos 42 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de safaikarn

Os nossos membros postaram um total de 453 mensagens em 150 assuntos

ufologia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

ufologia

Mensagem por mauriciu2 em Maio 30th 2011, 11:32 am

Os fatos da noite do dia 1º de junho de 1997 não foram esquecidos pelos moradores de Nova Brasilândia (190 quilômetros de Cuiabá). A partir daquele dia a cidade ficou conhecida no Brasil e em outros países devido a um suposto objeto voador não-identificado que teria caído na região.



Era domingo, por volta de 20h. Alguns moradores assistiam televisão, outros conversavam na varanda de casa quando uma luz no céu chamou a atenção. Era como uma estrela cadente enorme. A bola de fogo cruzou os céus, passando por sobre os paredões de Chapada dos Guimarães e sobre as casas da cidade. Em seguida, ouviu-se um barulho muito forte. O objeto teria caído em uma fazenda nas proximidades da Serra Azul.

Em uma das residências, moradores revelaram que o chão tremeu e os quadros nas paredes balançaram. Não houve pânico, mas receio sobre o que poderia ter acontecido. Sem demora, aquele passou a ser o assunto preferido nas ruas estreitas da pequena cidade, que de acordo com o Censo de 2000 possuía pouco mais de 5.700 habitantes.

A história chegou a Cuiabá e mobilizou equipes de reportagem e de pesquisadores, que saíram à procura do tal objeto. Em Nova Brasilândia, todos apontavam para o mesmo local onde teria caído a bola de fogo, mas ninguém sabia informar ao certo em que propriedade estaria o objeto desconhecido.

Eis que um peão chamado Gilberto Braga afirmou, à época, que teria visto o objeto caído em uma fazenda da região. Ele garantiu também que era um objeto grande e que estaria com a metade enterrada devido ao impacto da queda. Gilberto não soube informar se o objeto era um meteorito ou algum outro tipo de artefato. Mesmo assim, não há informações, até hoje, 10 anos depois, do que teria caído na cidade.


LOCAL DA QUEDA NÃO FOI ENCONTRADO

Técnicos do Inpe utilizaram um avião para sobrevoar toda a área. Fotografias foram tiradas para tentar localizar precisamente o local do impacto. A suspeita é de que o objeto seria um meteorito ou até mesmo fragmentos de satélites desativados e que estariam à deriva na órbita terrestre.

O geólogo Paulo Roberto Martini, do Inpe, veio a Mato Grosso na época e conversou com moradores de Nova Brasilândia. Ele é especialista em sensoriamento remoto e confirma que sobrevoou a região à procura do objeto. Martini acredita que foi um meteoro o protagonista de todo o mistério na cidade. "Mas não encontramos nenhum fragmento ou sinal de impacto".

Sérgio Benetti se recorda que a cidade ficou mundialmente conhecida com o incidente. "Veio muita gente procurar [o objeto], mas nunca acharam nada. O mundo inteiro ficou conhecendo a cidade por causa disso", concluiu o prefeito.

DISCO VOADOR?

A fama realmente foi mundial. Um grupo de ufólogos de Mato Grosso foi até a região semanas depois do impacto do suposto objeto. Grupos de pesquisa de diversas partes do país se interessaram pelo assunto e foram abastecidos com informações via internet. Reportagens realizadas pela imprensa à época foram traduzidas e percorreram o mundo, atraindo a atenção de outros pesquisadores.

Em 1998, um grupo de ufólogos americanos chamado Beyond Boundaries desembarcou em Mato Grosso. Pretendiam realizar pesquisas em Chapada dos Guimarães pois tinham conhecimento dos registros de ovnis na região e também do caso de Nova Brasilândia.

"Era um objeto voador não-identificado", afirma o psicólogo Ataíde Ferreira da Silva Neto, presidente da Associação Mato-grossense de Pesquisas Ufológicas e Psíquicas. Ele explica que a definição de ovni não quer dizer que o objeto seja um disco voador ou tenha origem extraterrestre. "É objeto não-identificado porque ainda não sabemos do que se trata", completou.

Para Ataíde, não há como negar que o objeto caiu na região. O que causa surpresa ao psicólogo é que a queda do ovni tenha atraído a atenção de tanta gente. "Sobrevoaram a região com avião e helicóptero. Ouvi dizer que havia pessoal do governo com roupas esquisitas à procura do local da queda", revela Ataíde. Ele disse que o caso ainda é misterioso e que ainda há muitas informações desencontradas sobre o episódio. "A hipótese de disco voador é um boato. Alguns falam que o objeto era incandescente, outros que tinham luzes coloridas. Dizem até que tinha um formato discóide. São alegações, mas fato concreto não existe", argumenta o presidente do grupo ufológico.

Ataíde explica que em Chapada dos Guimarães, bem próximo de Nova Brasilândia, há diversos registros de avistamentos de ovnis. Nova Brasilândia fica perto da Serra Azul e entre os paredões de Chapada dos Guimarães e da Serra do Roncador, dois locais considerados místicos. "Não sabemos porque os ovnis aparecem aqui, mas há relatos".
fonte(google)

mauriciu2

Mensagens : 57
Data de inscrição : 22/01/2011
Idade : 33
Localização : sergipe

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum